Lareira ou aquecimento móvel?

Para a maior parte dos apartamentos, escolher entre instalar uma lareira ou equipamento de aquecimento móvel é uma dúvida que nem sequer se coloca. Poucos são os apartamentos que permitem uma alteração estrutural tão significativa como é a instalação de uma lareira, e menos ainda aqueles que de qualquer forma teriam as condições de ventilação necessárias para isso.

Mas quando falamos de moradias, principalmente aquelas que são mandadas construir de raiz, então pode colocar-se a dúvida. O que será melhor?

Uma lareira pode dar um toque muito elegante e o facto de parte da estrutura poder estar embutida na parede também proporciona uma significativa poupança de espaço.

No entanto, hoje em dia já existem radiadores e salamandras com um design que fica bem numa casa de linhas modernas ou com um toque mais clássico.

Aspetos estéticos

Como mencionámos anteriormente, o aspeto estético é algo muito pessoal mas que atualmente não tem de ficar comprometido pela escolha de um equipamento de aquecimento móvel.

Existem salamandras de linhas elegantes e discretas que acrescentam um ambiente de conforto a uma sala ou quarto. Se dispuser de espaço para arrecadação das mesmas durante o tempo mais quente, esta poderá ser uma boa solução pois só ocuparão espaço extra durante o tempo frio.

A lareira é um elemento clássico que fica bem em qualquer casa mas especialmente naquelas que apresentam uma decoração mais tradicional ou que apostam no conforto como uma prioridade.

Eficiência energética e combustível

É necessário ter em consideração o combustível que é necessário utilizar para cada caso e a produção de calor para cada um.

As salamandras a lenha consomem cerca de metade da madeira das lareiras, não produzem fumo, são móveis e proporcionam mais calor. São sem dúvida a opção mais económica após o investimento inicial, produzindo assim a longo prazo uma poupança significativa.