Faça você mesmo – instalação de aquecimento

A não ser que seja um completo desastrado no que toca a trabalhos manuais, então a instalação de um sistema de aquecimento em sua casa pode mesmo ser feito por si.

As vantagens de fazer a própria instalação são claras. Em primeiro lugar, não é necessário pagar a um técnico, enquanto que por outro lado poderá ter a certeza de que as coisas ficam feitas exatamente como gosta e totalmente personalizadas.

Claro que isto pode exigir mais ou menos tempo, mais ou menos habilidade, dependendo da opção que escolher para aquecer a sua casa e do tamanho da mesma.

Recolha informação

Antes de mais nada é essencial que se informe antes de começar.

Se a opção for por um equipamento móvel, como um aquecedor a óleo ou uma salamandra, então pesquise as características de cada um dos equipamentos, tendo em conta o preço, as dimensões, a potência e as características de cada unidade.

Equipamentos mais caros não são necessariamente melhores mas muitas vezes é preferível pagar um pouco mais de início por um sistema de aquecimento que permitirá maior poupança ao longo dos anos.

Se, por outro lado, optar pela instalação de um sistema de aquecimento fixo, como uma lareira, termoventiladores ou recuperadores de aquecimento central de água, então para além de recolher informação sobre as características de cada opção, para determinar qual a que melhor se adequa à sua situação, será preciso também que a saiba instalar.

Existem manuais e vídeos tutoriais que explicam como fazer um pouco de tudo mas assegure-se sempre de que todas as regras de segurança são cumpridas, como por exemplo a boa ventilação no caso das lareiras.

Uma boa opção, se se sentir confiante para fazer a instalação sozinho mas se quiser ficar totalmente descansado quanto a questões de funcionamento e segurança, é contratar os serviços de um especialista para fazer uma vistoria e avaliação ao trabalho final. Desta forma poderá detetar pequenas incorreções e melhorar o trabalho.